terça-feira, abril 11, 2006

O dia seguinte


Retirado do La Stampa.

Unione ganha na Câmara, por 25 mil votos, e permanece indefinição no Senado, se bem que a votação dos eleitores no estrangeiro pareça estar a favorecer Prodi. Seja como for, não haverá maioria absoluta no Senado nem para Unione nem para Cdl, devido aos senadores vitalícios (inclinados à esquerda). A Cdl pede recontagem.

Entretanto, os sondagistas são trucidados:

Elezioni: il flop dei sondaggi

Exit-poll, che disastro

«Sfida già finita alle quindici»: e ora chiamateli pure exit flop
Enviar um comentário