quarta-feira, novembro 05, 2008

Para bushistas, clintonistas e palinistas, with love

Essas coisas do "saber perder" ou do "fair play" são tretas - como se pode ver por aqui ou por aqui - e só têm graça nos livros do P. G. Wodehouse. E o "saber ganhar" também é um atributo sobrevalorizado:

 "Nesta hora, guardo um pensamento para os adversários lusos de Barack Obama. Não os apoiantes de McCain (de que, aliás, só consegui recensear um), mas os bushistas, da primeira à última hora, e os clintonistas; a arrogância e o desdém com que trataram o candidato democrata e os seus apoiantes merecem ser recordados. Obama e os seus seguidores foram quase sempre tratados como pouco mais do que idiotas, patetas e crédulos. Os patamares de infantilismo argumentativo atingidos neste percurso conheceram exemplos notáveis – e que vão perdurar."

"No calor da noite, esqueci-me de saudar os bloggers portugueses que acolheram a designação de Sarah Palin para candidata a VP como uma escolha «brilhante» de John McCain. É esta argúcia que lhes tem valido darem hoje opinião em tudo quanto é jornal, estação de rádio ou canal de televisão portugueses. É o chamado «circo mediático». Embora eu não esteja certo de que esta expressão contenha alguma metáfora."

Aqui e aqui. Vale mesmo a pena ler tudo.
Enviar um comentário