terça-feira, setembro 30, 2008

Ainda os VP's

Se os debates entre os candidatos à presidência têm impacto reduzido sobre as intenções de voto, o mínimo que se pode dizer sobre os debates dos VP's é que o seu efeito na corrida deverá ser, provavelmente, nulo. Mas isto é como na publicidade: a razão que faz com que os efeitos sejam nulos ou reduzidos é porque todos levam tudo isto a sério. Se alguém não o fizesse, os efeitos apareciam logo.

Vem isto a propósito do entusiasmo com que - como vimos no post anterior - alguns sectores do Partido Democrata encaram a possibilidade da "tonta" da Palin se espalhar na próxima 6ª feira. Eu espero que os coaches de Joe Biden não sejam tão estúpidos como isso. A última vez que se achou que havia um candidato meio tonto, sem experiência, cheio de esqueletos no armário e representando as ideias mais abstrusas da direita religiosa, esse candidato, se bem me lembro, foi eleito. E de resto, Biden também tem um currículo invejável de disparates. É precisamente por ter todos os defeitos e fraquezas que os "liberais" lhe encontram, e por defender tantas ideias tão profundamente repelentes, que a Sra. Palin deve ser levada muito a sério.

P.S. - Parece que os coaches estão acordados:
"Bush was blistered for being too dismissive of Geraldine Ferraro in 1984 (note the similarity in his approach to John McCain's in last Friday's debate); Biden would risk similar criticism if he's disdainful Thursday."
Enviar um comentário