terça-feira, setembro 02, 2008

Previsões de modelos econométricos

Já aqui mencionei o último número do International Journal of Forecasting, sobre previsões das eleições americanas. No máximo, os artigos apresentavam modelos e previsões condicionais. Mas com as eleições a aproximarem-se e com dados da economia e de popularidade com um lag relativamente pequeno a ficarem disponíveis, aparecem as primeiras previsões concretas. Alguns dos papers foram apresentados na semana passada na reunião da American Political Science Association:

1. Lewis-Back e Tien. Paper e previsão para McCain: 43.2% do voto popular bipartidário.
2. Sidman e Mak.
Paper e previsão para McCain: 243 votos no colégio eleitoral (derrota).
3. Cuzan e Bundrik.
Paper e previsão para McCain: 48% do voto popular bipartidário.
4. Abramovitz.
Paper e previsão para McCain: 44.9% do voto popular bipartidário.
5. Erikson e Wlezien.
Paper e previsão para McCain: 47% do voto popular bipartidário.
6. Klarner.
Paper e previsão para McCain: 47% do voto popular bipartidário.
7. Hibbs.
Paper e previsão para McCain: 48.2% do voto popular bipartidário.
8. Fair.
Previsão para McCain: 48.5% do voto popular bipartidário.

Obama, supostamente, ganha em todos os modelos.
Enviar um comentário