quinta-feira, junho 04, 2009

Europeias. Marktest, 27-30 Maio, N=807, Tel.

PSD: 32,5%
PS: 29,4%
BE: 8,9%
CDU: 8,9%
CDS-PP: 3,3%

É o que sei para já, na base desta notícia. Excitante, não? Claro que voltamos ao "empate técnico", ideia que, volto a dizer, é preciso confirmar quando soubermos a dimensão real da sub-amostra na base da qual estas percentagens são estimadas (ainda não sei qual é, mas não é 807, certamente). Mas é a primeira sondagem que coloca o PSD à frente, e isso pode não ser irrelevante, porque pode sugerir uma tendência. Mas com mais dados poderemos olhar melhor para isso. Agora ainda é cedo.

Sei que sou fastidioso, mas recordo, a propósito de uma notícia no Público: se de facto o PSD subiu nos últimos dias, isto não "confirma uma tendência" prévia (indetectável na base dos dados anteriores). E a habitual frase "Se as eleições europeias fossem hoje o [partido x] venceria o escrutínio" está mesmo a pedir inclusão no capítulo no Livro de Estilo do Público intitulado "Frases que constituem justa causa para despedimento".

A soma dá 83%, pelo que presumo que haja 17% de votos noutros partidos, brancos e nulos. Mas rectificarei caso se verifique não ser assim. Obrigado ao leitor que me avisou em comentário no post abaixo.
Enviar um comentário