sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Amostras voluntárias

Preciso de dizer alguma coisa sobre a "representatividade" da "sondagem" levada a cabo pela SIC Notícias para determinar o "vencedor" do debate de ontem? Eu tenderia a pensar que não. Mas na realidade, fico preocupado. Há uns tempos, uma jornalista veio-me falar das "sondagens da Católica" que aparecem na última página do Público (que não passam de uns inquéritos feitos no site do jornal). Fiquei estarrecido, acabando por sujeitar a senhora a uma prelecção de dez minutos sobre a forma como a "amostra" que responde a esses inquéritos é auto-seleccionada e, logo, não representa coisa alguma. E ontem, um dos jornalistas que moderava o debate introduziu uma questão (foi, aliás, mais um comentário que uma questão) dizendo que "segundo o nosso inquérito, pelos vistos, Santana Lopes ganhou o debate". Ninguém nasce ensinado. Mas nas escolas de comunicação social donde brotam estes jornalistas, não se fala destes assuntos? Pelos vistos, não.
Enviar um comentário